"Os princípios inspiradores da Associação Obrigado Portugal devem ser os mesmos que nortearam a missão até à data: transparência, altruísmo, trabalho, responsabilidade, paixão, coragem e seriedade."

Carta de princípios da Associação Obrigado Portugal.

7 de Outubro de 2015

 

A experiência vivida por dois jovens portugueses, Pedro Queirós e Lourenço Macedo Santos, após o terramoto do Nepal, a 25 de Abril de 2015, foi inspiradora. Apanhados no meio de uma tragédia que originou 8.000 mortos, e com bilhete de avião marcado para sair do Nepal, optaram por ficar e ajudar as vítimas da tragédia. “Vocês voltam amanhã?” perguntavam os Nepaleses. Decidiram ficar porque sentiram que estavam a fazer a diferença e a tocar na vida de milhares de pessoas. Estavamos no dia 29 de Abril de 2015. Foi neste dia que nasceu a Missão Obrigado Portugal, nós também somos Nepal.

 

Nas semanas seguintes, mais pessoas se foram juntando à equipa.

Voluntários de várias nacionalidades, principalmente portugueses, que viajaram até ao Nepal com os seus próprios recursos e com o simples intuito de ajudar as vítimas da tragédia. Sem receber nada em troca.

A onda de solidariedade gerada em Portugal  pelos relatos destes jovens só foi possível porque existe a Internet e o Facebook. E o fenómeno merece uma análise sociológica. A afirmação do orgulho de ser português, a juventude dos intervenientes, o desprendimento pela burocracia das organizações e a vivacidade dos relatos são uma parte da explicação. A simpatia do povo nepalês, o sorriso franco das crianças são a outra parte. É um prazer ver aqueles bandos de crianças, livres, sorridentes e agradecidas por tão pouco. Coisas que vão rareando por estes lados.

A solidariedade traduziu-se numa campanha de donativos arrebatadora. As pessoas sensibilizaram-se com a forma de trabalhar e esforço desta equipa, e começaram a ajudar na forma de transferências bancárias e envio de mantimentos.

 

 

visao

A imprensa deu grande destaque ao acontecimento e a causa foi divulgada em diversos meios de diversos países, entre os quais os Estados Unidos, Japão, Brasil, entre outros.

“A Coragem de fazer a diferença”, foi o título de capa da revista Visão a propósito do trabalho da Missão Obrigado Portugal, nós também somos Nepal, no dia 7 de Maio de 2015. 

 

Os donativos recebidos conduziram a várias iniciativas, algumas das quais ainda em curso. Os projectos em que estes jovens se envolveram são:

  • Ajuda Imediata: fornecimento de comida, água e outros mantimentos nas 3 semanas pós terramoto,
  • Projecto Saudade: construção de casas temporárias na vila de Bistagoun. Coordenado pela Maria da Paz Braga e Walmyr Freire.
  • Campo Esperança: Construção e gestão de um campo de 350 deslocados Nepaleses no Centro de Katmandu.
  • Projecto Raizes: financiamento e consultoria na construção de casas permanentes.

Todos estes projectos foram conduzidos até à data, de forma espontânea e com uma grande flexibilidade e capacidade de adaptação. Através da paixão, competências e bom senso de todos os voluntários e parceiros envolvidos. Através de um grande esforço físico e mental, ingredientes necessários para trabalhar numa conjuntura de catástrofe muito adversa.

 

 

Quase 6 meses após o terramoto, entendem agora os signatários que é importante dar continuidade ao espirito da Missão Obrigado Portugal, nós também somos Nepal. E que importa fazê-lo de uma forma mais estruturada e convencional.

 

Por isso decidiram criar a Associação Obrigado Portugal.

Há iniciativas que necessitam de continuidade futura, como é o caso do projecto “Our Dream Village”, que consiste no realojamento das pessoas que vivem no Campo Esperança.

Por outro lado esta experiência pode ser aplicada em outras situações similares no futuro.

Os princípios inspiradores da nova associação devem ser os mesmos que nortearam a missão até à data: transparência, altruísmo, trabalho, responsabilidade, paixão, coragem e seriedade.

 

Assinada em Katmandu no dia 7 de Outubro de 2015.

Pedro Queirós
Lourenço Macedo Santos
Maria da Paz Braga
Walmyr Freire

 

 

banner bottom 02

A sua ajuda é fundamental! Saiba aqui como ajudar

Donated so far:
40%